8 de fev de 2010

Rosa

Quero-te, Rosa
Tão rosa quanto as rosas do meu jardim
Tão azul quanto o céu outrora nosso
E tão vermelha quanto a paixão que despertar-te em mim

A tua beleza, Rosa
Não se compara a das rosas que já passaram por mim
Teu olhar aqui habitas
Como a música que embala-nos assim:

Doces sonhos
De sedução e pureza
Anjos sangrando
Na sua simples beleza

Canta, Rosa
Anjo mais lindo
Voz de veludo e
Seios de libido

Beija-me, Rosa
E transforma-me em teu orvalho
Quero eternamente deslizar em teu corpo
Cintilante e mortuário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua vez de falar :)

8 de fev de 2010

Rosa

Quero-te, Rosa
Tão rosa quanto as rosas do meu jardim
Tão azul quanto o céu outrora nosso
E tão vermelha quanto a paixão que despertar-te em mim

A tua beleza, Rosa
Não se compara a das rosas que já passaram por mim
Teu olhar aqui habitas
Como a música que embala-nos assim:

Doces sonhos
De sedução e pureza
Anjos sangrando
Na sua simples beleza

Canta, Rosa
Anjo mais lindo
Voz de veludo e
Seios de libido

Beija-me, Rosa
E transforma-me em teu orvalho
Quero eternamente deslizar em teu corpo
Cintilante e mortuário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua vez de falar :)