4 de mar de 2010

Vivaldi

Talvez por todos os meus anos dedicados à dança clássica ou simplesmente pelo fato de que sua música é realmente cativante, eu digo: "Há quase quatro séculos atrás nascia um dos maiores compositores que a história da música viu: Antonio Vivaldi. Em sua homenagem, a página inicial da google ficou desta forma hoje:


Muita gente conhece o trabalho de Vivaldi, mas poucos sabem que a maior parte dessas obras só foi descoberta na segunda metade do século passado, ou seja, todas as maravilhas que ouvimos hoje passaram mais de dois séculos em pleno anonimato. Por que? Simples - Vivaldi, que sofria de asma, vendera a maior parte de seus manuscritos a preços irrelevantes para que pudesse viajar à Viena e se tratar na corte de Carlos VI, rei vigente, que era fã particular das suas melodias. Entretanto, para azar de Vivaldi, ao chegar em seu destino, o rei morre e ele fica a ver navios: pobre, anônimo e asmático num país desconhecido. Resultado, morreu pouco tempo depois e foi enterrado como todos os outros cidadãos ditos "sem família", sem nenhuma homenagem, nenhum epitáfio e muito menos o que ele mais queria, o reconhecimento merecido.
-
Fato é que hoje as suas composições não são apenas muito famosas, mas também admiradas por milhares de apaixonados pelas óperas, concertos, sonatas, serenatas., etc. Nada mais natural, já que as composições de Vivaldi são tão notórias pela simplicidade que ele teve de "converter" a música clássica ao gosto popular, ou seja, nivelar sua arte para que todos pudessem contemplá-la, não apenas a minoria intelectual da época. 

O céu está coberto de nuvens escuras, 
anunciado por relâmpagos e trovões. 
Mas quando eles são silenciados, os passarinhos 
voltam a encher o ar com a sua canção.

Trecho de "As quatro estações, o concerto mais famoso de Vivaldi.

Um comentário:

  1. Uau! Apesar de não ouvir música clássica com muita frequência, é um gênero que me agrada. Gostei muito do seu texto, transpareceu bem o seu bom gosto e sua sinceridade.

    Abraços! ^^

    ResponderExcluir

Sua vez de falar :)

4 de mar de 2010

Vivaldi

Talvez por todos os meus anos dedicados à dança clássica ou simplesmente pelo fato de que sua música é realmente cativante, eu digo: "Há quase quatro séculos atrás nascia um dos maiores compositores que a história da música viu: Antonio Vivaldi. Em sua homenagem, a página inicial da google ficou desta forma hoje:


Muita gente conhece o trabalho de Vivaldi, mas poucos sabem que a maior parte dessas obras só foi descoberta na segunda metade do século passado, ou seja, todas as maravilhas que ouvimos hoje passaram mais de dois séculos em pleno anonimato. Por que? Simples - Vivaldi, que sofria de asma, vendera a maior parte de seus manuscritos a preços irrelevantes para que pudesse viajar à Viena e se tratar na corte de Carlos VI, rei vigente, que era fã particular das suas melodias. Entretanto, para azar de Vivaldi, ao chegar em seu destino, o rei morre e ele fica a ver navios: pobre, anônimo e asmático num país desconhecido. Resultado, morreu pouco tempo depois e foi enterrado como todos os outros cidadãos ditos "sem família", sem nenhuma homenagem, nenhum epitáfio e muito menos o que ele mais queria, o reconhecimento merecido.
-
Fato é que hoje as suas composições não são apenas muito famosas, mas também admiradas por milhares de apaixonados pelas óperas, concertos, sonatas, serenatas., etc. Nada mais natural, já que as composições de Vivaldi são tão notórias pela simplicidade que ele teve de "converter" a música clássica ao gosto popular, ou seja, nivelar sua arte para que todos pudessem contemplá-la, não apenas a minoria intelectual da época. 

O céu está coberto de nuvens escuras, 
anunciado por relâmpagos e trovões. 
Mas quando eles são silenciados, os passarinhos 
voltam a encher o ar com a sua canção.

Trecho de "As quatro estações, o concerto mais famoso de Vivaldi.

Um comentário:

  1. Uau! Apesar de não ouvir música clássica com muita frequência, é um gênero que me agrada. Gostei muito do seu texto, transpareceu bem o seu bom gosto e sua sinceridade.

    Abraços! ^^

    ResponderExcluir

Sua vez de falar :)