24 de mar de 2011

Quinta-feira e Sempre


Meus devaneios, no momento em que os vejo, são apenas devaneios. Talvez por isso a idéia da morte me atormenta, lembrando-me o quão dependente sou. 
Entretanto, conhecer minha dependência me dá asas; e eu as uso para voar feliz ao seu encontro, pois não há lugar no mundo em que eu queira estar se não ao seu lado, segurando a sua mão e sabendo que a minha alma é apaixonadamente sua.


Eu te amo, Alberth Moreira. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua vez de falar :)

24 de mar de 2011

Quinta-feira e Sempre


Meus devaneios, no momento em que os vejo, são apenas devaneios. Talvez por isso a idéia da morte me atormenta, lembrando-me o quão dependente sou. 
Entretanto, conhecer minha dependência me dá asas; e eu as uso para voar feliz ao seu encontro, pois não há lugar no mundo em que eu queira estar se não ao seu lado, segurando a sua mão e sabendo que a minha alma é apaixonadamente sua.


Eu te amo, Alberth Moreira. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua vez de falar :)